29 dezembro 2012

Resenha - Em Chamas


"Suzanne Collins e sua capacidade de nos manter grudados em um livro!"

Quando tudo parecia estar começando a voltar a sua normalidade, que o pesadelo havia ficado para trás, Tia Suzanne nos entrega a continuação da saga de Katniss, dessa vez mais mortal, mais intrigante, mais intensa, mais empolgante, mais completa.

Suzanne parece ter encontrado a fórmula certa ao escrever "Em Chamas", a introdução de novos personagens, o crescimento do relacionamento entre Katniss e Peeta, além do relacionamento da garota com Gale, Prim e o Presidente Snow, e todas as críticas sociais que também se fazem  presente nesse livro, tornam-o, talvez, o melhor capítulo da trilogia.

Nessa segunda parte, Katniss precisa conter uma rebelião que começou a se formar nos distritos desde a vitória dela e de Peeta na última edição dos Jogos e como seus esforços são insuficientes, a Capital encontra um jeito: para evitar que o incêndio continue avançando é preciso acabar com a faísca que deu início a ele, ou seja, acabar com a vida de Katniss. A Capital, porém, não pode assassinar a garota, então muda as regras do Massacre Quartenário para que antigos vitoriosos voltem a competir, e como Katniss é a única garota vitoriosa do Distrito 12, ela é obrigada a voltar para a Arena.

Para quem ainda não leu (o que acho difícil) os spoilers acabam aqui. Agora começarei a falar sobre os aspectos do livro. Collins mantém os personagens do primeiro livro em um patamar incrível, cada um deles amadureceu, se tornou mais forte e descobriu novos valores. A autora cria novos personagens, que por mais que não tenham tanto destaque, foram criados de tal forma que é impossível não ser cativado por pelo menos um deles. A maneira de escrever continua magnifica, sempre criando uma tensão, que as vezes nos deixa sem respirar em determinados momentos. Os cliffrangers são tão bem colocados que fica impossível não querer continuar no próximo capítulo ou até mesmo retornar a leitura daquele que acabou de se encerrar para conseguir assimilar exatamente o que está acontecendo.

Com suspense, aventura, romance, tristeza, Collins nos traz uma incrível sequência que com certeza será responsável por acender uma faísca de entusiasmo em cada leitor. Afinal, nunca foi tão bom estar tão perto das chamas.

Um comentário:

Roberta Sheyler disse...

Acreidto que dos três livros da série, esse é o quer me fez ficar mais com o coração na mão! Mal Peeta e Katniss retornam p casa e já terão que enfrentar tudo de novo! Morri mil vezes com medo de tudo ser desfeito!


Serie brilhante essa de Suzanne Collins... soube levar nossa curiosidade, medo e felicidade até o final... apesar de não concordar muito com o que aconteceu em Esperança como muitos fãs... mas n vou criticar! Querer não é poder rsrsrsrs


Adorei a resenha e fiquei até como vontade de ler o livro novamente!!!!

Top 10 leituras de 2012 concerteza!!!


bjokas
Roberta Sheyler
http://sonhosliterario.blogspot.com.br/