23 outubro 2012

Viver não é preciso - Aharon Avelino

Viver não é preciso - Aharon Avelino 


Sinopse - Viver Não É Preciso - Aharom Avelino 

 

Nos anos 80, quando não havia internet e outras modernidades, como as crianças se divertiam? 'Viver Não É Preciso' procura fazer uma viagem encantada pelos incríveis anos da década de oitenta. Narrado em primeira pessoa, o personagem principal fala do primeiro sofá, os programas de TV aos quais assistia (Xou da Xuxa, Chacrinha), as músicas que ouvia, como era o primeiro beijo.


É um dos livros mais agradáveis e bem humorados que li nos ultimos tempos . 
Aharon com talento nos prende no inicio ao fim a uma viagem nos anos 80 onde as crianças se divirtiam mesmo não tendo a nossa atual internet . 
Eu que sou da decada de 90 digo que fiz uma agradavel leitura relembrando de minha infância , onde podiamos brincar na rua sem se preocupar com assalto , onde brincavamos de queimada com nossos coleguinhas . 
Revivi o doce aroma de roubar fruta da arvore do vizinho apelidar aquela vizinha com cara de bruxa , as festinhas e as armações dos garotos , enfim uma leitura indispensavel para quem quer relembrar e ate resgatar a pureza da infancia . 

Textos curtos que te levarão a lágrimas de alegrias e saudades , resgatara a lembrança de seus amigos de infancia que julgavamos que seriamos para sempre mas o mundo nos separa cruelmente , você vai se apaixonar ,como eu , por cada página desse livro . 

Eu recomendo a todos que gostam de viajar para o passado e sentir novamente o gosto maravilhoso que é ser criança .  


Um pouco do autor :)  


Biografia

Aharom Avelino nasceu em Unaí-MG, filho de lavradores, tornou-se professor do ensino fundamental aos 16 anos, quando passou em um concurso público na cidade de Luziânia-GO. Formou-se em Letras mais tarde e saiu do ensino fundamental para o Ensino Médio onde passou a dar aulas de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira. Seu primeiro contado com os livros, deu-se ainda criança quando descobriu a biblioteca da escola em que estudava, pois na sua casa não havia livros de literatura. Já a carreira de escritor, começou no teatro (onde também atuava), depois de várias peças teatrais, veio o seu primeiro livro em prosa: o infantojuvenil "Viver Não É Preciso" . Atualmente, Aharom continua dando aulas nas redes pública e privada do DF, acabou de escrever seu segundo livro, o romance de temática LGBT "Não Existe Amor Errado" (que será lançado pela editora Metanoia) e está em cartaz com a peça "Que Tal Nós 4?", comédia escrita por ele. Além de professor e escritor, Aharom é ator e roteirista.
 

2 comentários:

aharom avelino disse...

Ai, que lindo, adorei. Muito obrigado, Daniele.

Janaina Rico disse...

Eu já li e curti! =)