13 agosto 2013

Casamento em Amor,és real - Seria assim ?


Sem spoiler !! 



Ao ler o livro "Amor,és real" Bruninha quis escrever uma cena dos protagonistas , pra lá de especial . 
Eu amei , e vocês o que acharam ?
 
No dia do meu casamento com Rodrigo foi uma correria só, minhas cunhadinhas me deixaram louca,andando atrás de mim de um lado para o outro,  o telefone não parava de tocar sendo uma hora Bárbara e outra Luzia ,querendo saber de cada passo meu naquela manhã ensolarada.

Pelo menos tudo estava correndo super bem, havia dormido no hotel onde me arrumaria, já que a minha casa estava abarrotada de parentes vindo de longe só pra esta grande data. Minhas primas até improvisaram um chá de panela , duas noites antes, foi legal . Não podia reclamar da boa vontade de todos . O problema era que ,com a correria da semana ,para terminar os detalhes de casamento eu quase não tinha visto o meu futuro marido. Ele teve despedida de solteiro na noite passada e eu ruía as unhas para saber como foi, não por ciúmes confiava em Rodrigo, porém era nossa última noite antes de selarmos nosso amor perante Deus e a sociedade  , achei que poderíamos aproveitar só os dois.

Tentei várias vezes pegar o celular escondido, contudo não deu muito certo, estava numa prisão, ninguém deixava eu ouvir a voz do meu amado, sorte que a minha irmã e mamãe chegaram trazendo notícias dele , pelo menos isso , né? 
Defenderam a superstição que trazia má sorte qualquer contato com o noivo no dia do casório. Vê se pode uma coisa dessa? São malucas mesmo!

Comecei com um massagem corporal, para descontrair os músculos e relaxar um pouco. Foram feitas minhas unhas das mãos e dos pés, meu cabelo e uma suave maquiagem . Susy e Simony reservaram uma bela e grande suíte no hotel da cidade para nós mulheres nos aprontarmos , inclusive minha sogra se juntou a nós . Enquanto os homens tomavam conta da mansão e os organizadores da festa que aconteceria lá . 

Meu vestido é super simples, frente única, colado no corpo até a cintura e mais largo embaixo, com renda e pedras bordadas. Maravilhoso, a meu gosto . Na verdade todas aprovaram. 
Tinha um lindo e grande véu que vinha da cabeça e arrastava no chão, coloquei brincos de prata e uma linda pulseira, nada de luvas . Eu estava tão nervosa e com medo de tudo, uma insegurança alojava em meu coração , um medo do noivo sumir, sair correndo na hora do "sim" ....
Coisas horrorosas dominavam  o meu pensamento, bobagens ...
Não podia estragar o meu dia com isso.
Meu buquê era lindo , de rosas com flores brancas , num formato dando a parecer que as flores caiam.

As portas da igreja se abriram entrei ao som da música A Thousand Years da cantora  Christina Perri .  

 
   
Todos se levantaram de seus assentos , caminhei de braço dado com meu pai Mauro até o altar onde meu futuro marido me esperava com um lindo sorriso nos rosto, não conseguindo tirar os olhos dos meus. 
A felicidade emanava por toda a igreja, a celebração que o padre fez foi perfeita, com muitas palavras bonitas, me emocionei muito quando escutei os votos de casamento de Rodrigo.

- Mariana, eu quero pertencer a você, quero ser seu companheiro, seu amigo, seu amante, na dor e na alegria, na aflição e no ânimo, nas derrotas e nas vitórias, nas trevas e na luz. Para isto, estou disposto a colocar minha experiência de vida ao seu alcance. Quero dar-lhe coragem quando você desanimar, dar-lhe esperança quando você estiver descrente, quero ser sua força e escudo como me compete como homem e mostrar-lhe o caminho sempre que a estrada da vida lhe causar embaraço. Mariana,quero fazer você feliz, muito feliz, todos os dias da minha vida. Conto, para isto, com a luz e a força de Deus.

Com lágrimas nos olhos fiz meus votos a ele :

- Rodrigo, eu quero ser sempre sua. Quero viver com você na dor e na alegria, nos momentos fáceis e difíceis. Quero entendê-lo cada dia melhor, quero amá-lo cada dia mais, quero dar-lhe ânimo, carinho e força no caminho. Quero ser a mãe de seus filhos. A amiga de todas as horas, a companheira de jornada, a esposa fiel. Não quero que seu amor pare em mim, mas que eu seja apoio para seu amor à Deus e aos outros. Rodrigo, quero fazer você feliz, muito feliz, todos os dias da minha vida. Por isto, confirmo meu amor por você, diante de Deus e de nossos amigos.

Ambos olhávamos um nos olhos do outro e o padre também muito emocionado encerrou a cerimônia, trocamos um beijo de puro amor verdadeiro e uma chuva de arroz nos cobria.

Me senti tão feliz, agora era uma mulher casada, pertencia de corpo, alma e coração ao meu Rodrigo, meu quase-anjo . E ele pertencia a mim, juntos conquistaríamos os nossos objetivos e a felicidade.

A festa correu bem animada, dancei a valsa, foi servido um jantar aos convidados, que era somente parentes e amigos mais próximos, e cortamos um lindo bolo com noivinhos lindos, fizeram um réplica nossa ... 
Num dos compartimentos da mansão , foi bolado algo como uma boate , com estilos diferentes de músicas. Os convidados curtiram muito .

Minhas pernas já doendo, de tanto dançar ,Rodrigo  me deu um beijo intenso , disse estar na hora de nos retirar da festa . 
Gostaria de ter ficado um pouco mais , afinal minhas cunhadas deram tudo para aquele evento , estava tudo tão mágico ... Porém havia algo melhor me esperando entre quatro paredes e a na manhã seguinte íamos viajar rumo à nossa lua de mel.

Na chegada ao hotel onde passaríamos a noite fui surpreendida quando Rodrigo me pegou no coloco ao entrar no quarto.

_ Amor não precisa disso, posso entrar com minhas próprias pernas.

_ Shiuu . - Ele pousou o dedo sobre a minha boca. _ Amor , hoje é um dia muito especial . Além de você merecer . Eu te amo!!

Ao entrar no quarto pego fascinada com a decoração, nunca havia visto algo tão lindo e romântico.

O quarto não poderia estar mais perfeito . Lindas flores em vasos pelo quarto, balões vermelhos em formato de coração no teto e por toda a parte, recadinhos românticos  pregados na parede com pétalas de rosas vermelhas no chão e em cima da cama, além de um champanhe para brindarmos à nossa eterna felicidade.

Rodrigo me colocou de frente para enorme cama, eu ainda usava o vestido de noiva, ele não me deixou trocar ... Sim, eu tinha um especialmente para a  festa . - Disse que ele mesmo ia tirar quando estivéssemos a sós .
E assim começou a cumprir a promessa ,  deslizou suas mãos pelo meu rosto até o pescoço e desabotoou  meu vestido , deixando-o cair no chão , me deixando  apenas com um spartilho branco que havia comprado para a ocasião. 
 Seus olhos claros , me olharam de cima a baixo e uma deliciosa sensação percorreu o meu corpo, fiz o mesmo com meu maridinho e o deixei somente de cueca box branca.

Nos jogamos abraçados , na cama . Carícias foram trocadas, beijos quentes , a certeza do nosso amor era maior .

Rodrigo me tratava como uma rainha , sua mão passava delicadamente em todo o meu corpo fazendo-me arrepiar , gemer por ele, beijos longos e molhados pelo pescoço aos lábios. 
Nosso encaixe foi perfeito , uma onda de calor e prazer dominou o quarto , pela janela entre aberta , abraçados , admiramos a lua cheia no topo do céu .
Minha alma gêmea estava ao meu lado , tinha certeza que a felicidade jamais nos abandonaria...


Será ?? Pergunto eu , a escritora que adora brincar com a vida dos personagens !! ( Risos ) 
Obrigada por essa linda homenagem Bruninha Dal Ferro. 

2 comentários:

Bruna Alves disse...

Amiga foi um prazer enorme escrever e demostrar a você como sou sua fã e ameiiiii o seu livro.

Você manda muito bem!!!
Sucesso sempre!!!

Bjocassss

Maria Silvana Santana disse...

Hey, gostei disso aqui!
Tanto da música escolhida quanto da fanfic que criou, achei fofa *.* espero ter oportunidade de ler o livro em breve!

Beliscões carinhosos da Máh-
Cantinho da Máh
@Maaria_Silvana