09 setembro 2013

Entrevista com Claudemir de Oliveira



É um prazer enorme, enorme mesmo recebê-lo aqui Claudemir, seja muito bem vindo . 

Vamos lá as perguntas ? 

O prazer é todo meu, nessa caminhada literária onde um João é menos reconhecido que um John numa capa de um livro qualquer, isso por que a mídia e o Estado não investem no hábito da leitura, talvez pelo motivo que enquanto uma pessoa estiver lendo um bom livro, não estará sendo feito uma lavagem cerebral diante da televisão e o Estado ainda prefere dar “pães” do que educação para a população. 


1- Como surgiu a vontade de se tornar escritor? 

Muito cedo, aos 11 anos de idade eu já escrevia poemas, aos 12 anos tinha um espaço num jornal local. Escrevi muita coisa até os 20 anos de idade, tentei lançar um livro, mas na época, não tinha internet, minha família não tinha condições financeiras suficiente para o mínimo, que seria a alimentação, por isso, muito cedo, eu já estava nas ruas, vendendo jornais, frutas, engraxando e aos 11 anos trabalhava numa empresa que me deu uma grande oportunidade de poder custear meu próprio estudo. Talvez se eu morasse numa cidade maior ou se tivesse uma família com melhores condições financeiras, eu não precisasse persistir mais de 20 anos até lançar meu livro. 



2 - Apresente seu livro “O diário da Litat” aos nossos seguidores .

Quando escrevi O Diário de Litat, achei que o público alvo, estaria entre 13 e 23 anos, entretanto, pessoas de todas as idades estão lendo e cada um consegue extrair mensagem relevantes para suas vidas e quando o escrevi ou quando escrevo, tenho como objetivo escrever algo que possa ficar na mente do leitor, para que ele pare, pense, repense sobre sua vida e suas atitudes, tudo numa linguagem acessível. Não quero que meu livro seja de autoajuda, ele não é, quero que ele seja um livro que as pessoas guardem em suas memórias e no momento certo seja relevante para tomada de alguma decisão.
O livro é de aventura, já estava pronto há mais de dez anos, guardado numa gaveta, ninguém tinha lido antes de eu mandar para a editora, e agora, diariamente recebo depoimentos gratificantes de novos leitores de todas as idades e intelectos.
O Diário de Litat não é um livro de vampiros onde o personagem principal precisará beber sangue para ser eterno, porém, haverá personagens que se perpetuam no tempo, assim como o bem e o mal, basta a prática reiteradas para que vivam eternamente. Não terá bruxos, porém haverá personagens que terão o poder de transformar as suas vidas e vidas alheias através de seus atos, enfim, é um livro de fantasia e ao mesmo tempo tão real que o leitor irá perceber que nossas vidas também é uma mescla de realidade e fantasia e que muitas coisas boas e ruins acontecem diariamente, e mesmo que estejamos de olhos abertos, não enxergamos ou não queremos enxergar. 



3 – Escolha um trechinho especial de seu livro,vamos deixá-los ainda mais com vontade de conhecer sua obra . 

"Bnus e Qeb não deixaram o cansaço ou a ilusão dos olhos o cegarem, preferiram retroceder para vencer do que avançar e correr o risco de perder.Muitas vezes dar um passo para trás não significa desistir ou sinal de fraqueza diante das dificuldades e sim, a serenidade de pensar na melhor maneira de se atingir um objetivo com segurança. "


4-Qual foi sua maior dificuldade para a publicação do livro ? E como venceu os obstáculos ? 

Os maiores obstáculos foram os “nãos” e também as ausências de respostas quando mandei para algumas editoras.
A vida de um escritor é muito solitária, é ele e seus pensamentos sendo materializados dia a dia numa tela de computador e depois uma peregrinação em conquistar cada leitor para compartilhar seus pensamentos, mas para aqueles que desejam realizar seus sonhos, como eu, os obstáculos, as dificuldades são apenas estimulo para não aceitá-los e continuar... continuar... Talvez amanhã uma nova porta
se abra, talvez amanhã vamos ter que lutar arduamente novamente, talvez haja vitórias, talvez não, nos resta curar nossas feridas e continuarmos nessa grande batalha chamada de Vida. 


5 – Em relação ao seus personagens , se inspirou em alguém próximo ou foram todos fictícios ? 

Todo autor insere um pouco de sua personalidade em seus personagens, transfere seu lado escuro para os Vilões, e seu lado bom nos mocinhos. Eu sempre tive uma imaginação fértil, assim, a maioria são fictícios porém detentores de vida, da vida que eu transferi para cada um deles onde já sorri e chorei muitas vezes, entre pontos e vírgulas. 



6 - Tem projeto novo pintando por ai ? Se sim, conte nos um pouquinho . 


Sim, claro, a continuação do Diário de Litat que irá acontecer em Londres 1.666 d.C. está quase pronta.
Como havia falado antes, ninguém tinha lido o original antes de eu enviar para Editora, agora, recebendo e aceitando algumas críticas, estou criando uma estória com mais detalhes, muita coisa que Litat não demonstrou no primeiro livro, ele demonstrará agora e será uma estória que acontecerá em dois anos, o que posso adiantar que terá mais páginas, mais emoção e ação... Estou adorando e curtindo muito dar mais vida para Litat. 


7 - Como as pessoas podem ficar por dentro das novidades do seu trabalho ?

Eu não sou muito ligado nessas tecnologias, assim, estou focando mais na fanpage, até criei um twitter e um blog, mas sinceramente, não consigo ainda conviver com todos eles ao mesmo tempo, assim, me dedico mais na Fanpage.
 CLIQUE AQUI  





8- Quem se interessou pelo seu livro pode adquirir como ? 

Meus livros estão disponíveis no site da editora Novo Século, em vários sites como saraiva, submarino e este abaixo sempre está com promoções: CLIQUE AQUI




9 - Como esta sua agenda ? Algum evento ? Convide nossos seguidores.


Estarei na Bienal do Rio, tenho palestra agendado para Novembro num evento cultural regional que irá acontecer com apoio da Globo Local. 



10 - Jogo rápido = 


Sonho : Ser reconhecido nacionalmente como Escritor de ficção fantástica. 

Livro : Fernão Capelo Gaivota 


Autor : Richard Bach 

Música : Gosto de várias, depende do momento. 

Filme : Assisto vários, com preferência no gênero Aventura 

Lugar : Londres 

Deus : O Criador que nos deu Livre arbítrio para escolhermos o que queremos ser. 

Frase : O homem somente aprenderá o verdadeiro significado do amor quando conscientizar que a vida é uma passagem. 


11 - No final deixe um recadinho para o Amantes de Livros . 

A dedicação do seu tempo colaborando para que autores e obras sejam conhecidos, compartilhando amor e conhecimento, faz de você uma pessoa especial e por causa disso, muitos não irão te compreender, muitos terão inveja de seus atos, muitos desses que não são capazes de estender a mão para o próximo e que vivem num mundo tão pequeno limitados apenas a subsistência, bem diferente do seu mundo que a cada dia você trabalha para ser um mundo melhor e pode ter certeza, você não está sozinha!
Espero sinceramente que o mundo tenha milhares de outras pessoas como você! 


Quero agradecer imensamente Claudemir por ter topado bater esse papo comigo . Grande beijo . Sucesso hoje e sempre!!!

Um comentário:

Ariádne Tamires disse...

O Claudemir é parceiro no meu blog também, é ;otimo conhecer mais os autores acho super bacana entrevistas (:

Beijos.
http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/