17 fevereiro 2013

Booktour - A Destinada

A Destinada - Até onde você iria por AMOR?
Paula Ottoni




SINOPSE: Eliza Stewart tem um dom incomum. Ela é vidente. Sempre fez parte de sua vida salvar as pessoas com quem se preocupa, prevenindo acidentes e inconveniências que pré-visualizou em sua mente. Mas nada nunca se comparou ao tipo de visões que começa a ter aos dezoito anos, numa noite em que “vê” um rapaz sendo sequestrado de um trem. Os dois passam a ter “encontros” em sonhos, totalmente reais, ocasiões em que ele diz que será assassinado e ela é a única que pode impedir essa tragédia. Agora Eliza precisa reunir coragem, fugir de casa e sair em uma viagem incerta para tentar salvar essa vida e, quem sabe, recuperar seu grande amor.

PEQUENA PRÉVIA...

(Prólogo)
“A única coisa que eu conseguia ver com clareza era o homem há poucos passos, o meu alvo... se ainda me restasse alguma força. Tudo o mais não parecia existir, apenas um borrão de cores e formas ao meu redor.
É claro que tinha de restar alguma força, ou tudo o que eu passara não teria valido de nada. Eu sabia exatamente o que fazer, mas tudo parecia tão irreal e tão doloroso que a cada batida do coração eu me sentia mais fraca e vulnerável.
Heroísmo é para heróis, eu sempre soube disso. E o problema é que eu nunca fui uma heroína. A despeito de tudo o que parecia sensato, porém, lá estava eu, lutando até a última fagulha de esperança, usando de cada fiapo de resistência que meu frágil e despreparado corpo oferecia, infringindo a lei natural das coisas... Salvando a vida da pessoa que amava. Ou melhor, tentando salvar.
Era a segunda vez que eu via essa cena. Apesar de ter visto antes, na minha mente, com a mesma nitidez, agora era real, avassaladoramente real. E nesse instante eu estava lá, de espectadora, esperando reunir coragem suficiente para agir.
O barulho estrondoso veio da arma. O som mais terrível do mundo. Naquele segundo, meu universo desabava.
Havia muitas coisas que eu queria dizer para expressar a dor que atingia meu peito e que nada tinha a ver com dores físicas. Mas, no minuto em que eu soube que ouviria aquele som explosivo e nauseante, tudo o que consegui emitir através de meus lábios secos foi um longo e desesperado grito.” 



No livro A Destinada vamos conhecer a historia de Elize e Joe dois amigos desde a infância que se conheceram quando eram crianças quando ela, sua mãe e sua irmã menor foram morar com o seu avô na fazenda. Eliza e Joe se tornaram amigos inseparáveis, so que para Joe a amizade se transformou em Amor, mas Elize na época era muito infantil e não quis saber de Joe.
Elize era uma pessoa especial, podia em muitos casos prever o que vai acontecer e tentar ajudar as pessoas que tanto ama. 
Um livro apaixonante e com uma historia surpreendente, a Paula soube desenvolver uma historia de amor e sabedoria.
Um livro que prende o leitor do inicio ao fim, eu não consegui parar de ler, a cada pagina virada do livro queria mais e mais, eu ficava pensando quem poderia ser os personagens, adorei o Joe e a Eliza eles formam um casal perfeito.

"Porque não é inevitável. Sabe como é, mudar o destino. O destino não é algo que está gravado profundamente numa pedra. Ele pode ser apagado e refeito. Dependendo da decisão que você toma, outro destino vai ser traçado para você, até que você vai lá e mude ele de novo. É como uma árvore, dependendo da vontade dela, outros galhos vão nascendo. Mas alguém pode ir lá e tirá-los, desviando a arvore a crescer em outra direção."

Nem todas as pessoas que possuem um dom de prever os acontecimentos correm atrás para poder salvar a vida de quem realmente se ama, arriscando a sua, um ato de coragem e prova de amor. 
Mais um livro nacional bem escrito que merece a sua atenção e reconhecimento.

 — Está vendo aquela estrela? — Joe me perguntou, apontando para o astro mais luminoso do céu, depois da lua, respondi que sim. — Ela é a mais brilhante entre todas as outras, que só fazem seu trabalho de maneira apática e tradicional. Ela é especial e se destaca porque é diferente de todas, é a que mais acredita em seu potencial. E isso a faz irradiar.
Aquelas palavras mexeram comigo. Eu estava enfeitiçada pelo discurso poético dele, algo que nunca vira ninguém mais fazendo.  
— Vou chamá-la de Eliza.

A Autora

PAULA OTTONI

Brasileira, brasiliense, nascida em 1992, estudante de Design na Universidade de Brasília. Paula Ottoni foi o pseudônimo que criou para se lançar como escritora. Leitora voraz, Ana Paula Fogaça começou cedo a escrever. Aos treze anos terminou seu primeiro livro de ficção (nunca divulgado nem lido), o qual ainda pretende reescrever um dia. A partir daí não parou mais de criar histórias. Em junho de 2010 teve o conto "Projeto do Amor" publicado na edição 1099 da revista Capricho, por vencer a 5ª etapa do concurso de ficção Caprichofic, feito em parceria com a escritora Meg Cabot, que lançou os temas, foi juíza no concurso e leu os contos premiados nas seis fases.
Em julho do ano seguinte, publicou de forma independente o romance “Uma Princesa em Meu Lugar”, atualmente à venda em e-book e impresso no site BOOKESS.
Em março de 2011, seu conto “Assombrado” foi escolhido para participar da coluna Diário do Leitor, no blog Blogueiro Leitor, e em setembro no site Estronho.
Em dezembro de 2011 teve o conto “Minha Semana Romântica na Itália” premiado em 12º lugar no Prêmio UFF de Literatura 2011, sendo publicado na antologia realizada pelo concurso (Editora da Universidade Federal Fluminense) com os vinte ganhadores de cada categoria (Conto, Crônica e Poesia). 


Livro no Skoob: Aqui

Livro no Facebook: Aqui

Facebook da autora: Aqui

Site do livro: Aqui

Onde encontrar o livro para comprar:

Livraria Cultura: Aqui

Ou com a propria autora.







3 comentários:

Thais Belarmina disse...

Oi, Estou seguindo e curtindo o seu blog, retribui no meu blog ta?

http://luadesangue1.blogspot.com.br/

Paula Ottoni disse...

Oi, Bruna, obrigada pela resenha, fico muito feliz e emocionada de ver seus comentários maravilhosos sobre o livro! *-* Que bom que gostou!! Foi um prazer ter sua participação no Booktour, obrigada ;)

Beijão!
Paula

Paloma Viricio disse...

Opaa muito bom parece ser o livro.^^ Nahim...gostei da sua resenha e queria ler o livro também...ainda compro ele.
Beijos!
Paloma Viricio- Jornalismo na Alma